Avançar para o conteúdo

Como vender produtos digitais no mercado livre? [tutorial completo]

  • Blog
Como vender produtos digitais no mercado livre? [tutorial completo]

Como vender produtos digitais no Mercado Livre?

Essa é a dúvida de muitas pessoas que desejam aumentar as suas vendas ou, então, ganhar uma renda extra para expandir os negócios. Mas, como todo mundo sabe, a lógica para a negociação de produtos online é completamente diferente que aquela tida para os produtos físicos, o funil de vendas é completamente diferente. 

Deste modo, você tem que seguir uma lógica completamente diferente. Por isso, separamos dicas que ajudarão na sua divulgação. 

Como vender produtos digitais no mercado livre?

Veja, abaixo, algumas dicas de como vender produtos digitais no Mercado Livre que separamos para te ajudar:

1. Boa descrição do produto

Uma das nossas primeiras dicas de como vender produtos digitais no Mercado Livre é que você saiba os anunciar corretamente. Para tal, deve-se criar uma legenda que seja realmente envolvente, o mesmo serve para a descrição. Utilize palavras-chave de relevância no decorrer do texto, isso fará toda a diferença, sem contar que aumenta as chances da pessoa encontrar o seu produto. 

2. Imagens são tudo de bom, quanto mais melhor 

Quanto mais imagens você adicionar sobre o material que está vendendo, melhor será a visão dos usuários sobre o produto. Já pensou colocar um móvel para vender e deixar apenas a frente dele em uma foto? As pessoas querem olhar para dentro, as gavetas, os lados.

Mostre mais de um ângulo do produto, incentive as pessoas a rodarem ainda mais para se encantarem com o que estão vendo.

 E, uma dica para auxiliar aqueles que não são tão geométricos espacialmente, você pode deixar a largura e comprimento dos produtos, ainda mais se for eletrodoméstico ou móvel, porque isso auxilia a quem está pensando em comprar a saber se vai caber ou não na casa. 

3. Controle os estoques

Imagine que você começou uma campanha muito boa  e está todo mundo comprando o seu produto. No entanto, você tem apenas 50 peças no estoque e anunciou que possui 100. 50 pessoas a mais do que pode vender estarão comprando. O que vai acontecer? 

Provavelmente, você terá que cancelar a compra ou demora mais para enviar o produto. Em ambos os casos, aumenta o risco dos clientes avaliarem mal a sua empresa e, quem sabe, inclusive, deixar de comprar com ela. 

4. Preços 

Os preços devem ser coerentes com a qualidade do material que está sendo vendido e demora na entrega. 

Se você tem ótimas avaliações no ML, use isso a seu favor de modo a aumentar os valores, afinal, as pessoas consideram o seu perfil como confiável e preferem pagar a mais em um perfil com mais de 400 vendas por dia, por exemplo, do que um que vende um produto por dia e tem má reputação. 

Análise a classificação do seu perfil. Se estiver começando na plataforma, uma dica para conseguir a primeira venda é que poste os produtos com um valor mais em conta, isso atrai muitos clientes que estão pensando em economizar. 

5. Formas de pagamento 

Outro aspecto que devemos salientar é quanto às formas de pagamento. Quanto maiores forem as opções do seu cliente pagar, maiores serão as chances de vendas. Afinal, se você pode pagar apenas por crédito, não fará sentido comprar de alguém que vende por boleto. 

No Mercado Livre, pode-se aceitar diversos tipos de pagamentos e cada um deles conta com uma taxa diferente. Por exemplo, tem-se a alternativa de aceitar pix, cartão de crédito ou débito, Paypal e muitos outros. 

6. Redes sociais podem te ajudar a divulgar

Como vender produtos digitais no mercado livre? As redes sociais podem te ajudar a divulgar os seus produtos. E isso é ótimo, principalmente se você possuir um público grande, com uma elevada quantidade de seguidores. 

Você pode entender quais são as dores dos seus seguidores para criar campanhas engajadas em algo que eles desejam resolver: o produto que você está vendendo pode ser a solução deles, já pensou nisso? 

Muitas empresas estão optando por contar com a ajuda de influencers quando não possuem essa quantidade alta de seguidores, esta também é uma opção. No entanto, escolhe o influencer que concorde com a cultura da sua empresa, nem sempre o mais em conta para o caixa da empresa trará os melhores retornos. 

7. Classificações do Mercado Livre

O ML possui três classificações: Grátis, Clássico e Premium. Cada uma delas possui um tipo de cobrança diferente e varia de acordo com o seu nível lá dentro. 

E então, tem mais alguma dúvida sobre o assunto? Comente com a gente e, claro, não esqueça de vir conhecer mais artigos do nosso blog que aborda sobre como vender produtos digitais no Mercado Livre. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.